01 julho, 2008

3 - VIENA, CAPITAL DA MÚSICA ... E DO FUTEBOL

ALEMANHA 0 – ESPANHA 1

No domingo, a Final. Com muita emoção e ritmo, cumpriu-se o futebol. A Alemanha vergou-se à classe espanhola e saiu derrotada, mas, humildemente, reconheceu a superioridade dos iberos. Continuo a pensar que esta Alemanha estava perfeitamente ao alcance de Portugal, se este fosse mais humilde e se Scolari tivesse feito os trabalhos de casa em condições. Resta-nos a alegria da vitória de Espanha, pelo sangue ibérico que nos aproxima.
Perante uns alemães mais “quentes” que o habitual, perturbados e pouco esclarecidos, Espanha com classe, calma e alma foi uma intérprete superior da sua arte. A Europa ficou rendida.

A festa terminou, as emoções regressaram à sua ordem. Então, com classe, calma e alma, Astúrias — lindíssimas — de Isaac Albéniz, interpretada pelo magistral John Williams.

2 comentários:

berto xxx disse...

are you sure about that?


berto xxx

Gustavo disse...

Acerca de Scolari? Penso que sim..