01 outubro, 2009

Falou, insinuou, nada explicou.

Afinal o Presidente fala. Mas bem pior que o facto de não ser dotado para a função, - retórica e não só - cala-se quando devia falar, abre a boca quando seria preferível mantê-la fechada. Mas houve um momento em que gostei de o ver abrir a boca e ser genuíno ...




Mas, falar por falar, palavras por palavras, prefiro...


Sem comentários: