13 agosto, 2010

Ruy Duarte de Carvalho: morreu um homem ímpar.


Morreu um grande angolano que Portugal deu ao Mundo. Antropólogo, escritor,cineasta, viajante Ruy Duarte de Carvalho é uma figura ímpar da cultura africana de língua portuguesa. Morreu em Swakopmumd na Namíbia, para onde se tinha refugiado nos últimos anos talvez para estar mais perto do seu verdadeiro mundo, das gentes do deserto e daquela cultura africana que ele sentia estar a morrer ano após ano de forma inexorável.
Adeus Ruy. Nós, através de ti, continuaremos a ir lá visitar pastores, esses mucubais altivos que desde sempre te fascinaram, esses mucubais insubmissos que, provavelmente, em breve seguirão as tuas pegadas...

Sem comentários: